Publications

Mineração, reassentamento e meios de vida perdidos

Other Contributors:

  • Serena Lillywhite

Published by: Oxfam

O reassentamento involuntário é um processo profundamente complexo e perturbador, com o potencial de colocar as populações vulneráveis em grande risco. O relatório apresenta experiências de reassentamento involuntário, na perspectiva dos indivíduos, dos agregados familiares e grupos que estão recuperando da deslocação causada pela mineração, na província de Tete, em Moçambique. Este descreve o contexto, no qual a mineração e o reassentamento estão a ter lugar, uma situação caracterizada pela pobreza, um crescimento económico rápido, uma capacidade reguladora limitada e uma pressão intensa sobre a disponibilidade de terra. Neste sentido, o estudo situa um conjunto particular de experiências, dentro dum contexto económico, político e histórico mais amplo. As vozes das comunidades de Mualadzi realçam a situação precária que enfrentam as populações afectadas pelo projecto e que continuarão enfrentando em Moçambique, a menos que ocorra uma mudança estrutural maior.

View this publication in English

CITATION

Lillywhite, S., Kemp, D. and Sturman, K., (2015). Mining, Resettlement and Lost Livelihoods: Listening to the Voices of Resettled Communities in Mualadzi, Mozambique. Oxfam: Melbourne.